Página Inicial Notícias CorrupçãoEsportesSaúdePoliciaGaleria de Imagem
Buscar
       



Notícias
Notícias
Esportes
Negócios
Destaques
Brasil
Mundo
Cultura
Saúde

Serviços
Guia comercial
Classificados

Entretenimento
Mural de Recados
Bate Papo



Untitled Document
Enquetes
Qual linguagem prefere?
PHP
Perl
ASP
JSP
Python
Outros


Ver resultados
 
 
notícia publicada em 03/06/2011
Delcidio
Senador brasileiro pede R$100 mil de indenização a jornalista e portal de notícias
Jornalista Nasser - Agencia Pres: Brasil Imprimir  
 
 Créditos da Foto: Press 
O senador Delcídio do Amaral (PT), eleito pelo estado do Mato Grosso do Sul (MS), ingressou com ação na justiça na última quinta-feira, 26 de maio, com pedido de R$ 100 mil de indenização contra o Portal Terra e o repórter Italo Milhomem Santos por matéria com dados supostamente inverídicos, informou o Portal Imprensa.

A matéria assinada por Santos, publicada no dia 24 de maio pelo Portal Terra, apresenta arquivos de áudio que mencionam a Operação Uragano da Polícia Federal, responsável pela investigação de um suposto esquema de desvios de recursos em obras públicas de Dourados, e citam o senador.

Em nota publicada em seu site, Delcídio negou as suspeitas de irregularidades e afirmou que as informações são "mais uma investida de seus adversários políticos", segundo o Portal Terra.

De acordo com Santos, o clima de censura e medo por parte dos veículos locais não permite que políticos poderosos sejam denunciados. "A matéria está sendo censurada no Mato Grosso do Sul, e justamente por isso, consegui publicá-la somente no Terra. Todos os jornalistas locais tiveram acesso ao material, mas o medo político e a pressão não permitem o exercício de um jornalismo livre", afirmou, citado pelo Portal Imprensa.
Assista o video que gerou o processo.
Delcídio é citado em investigação da PF de desvio de recursos
Portal Terra


 
Oriente Medio
Fronteira aberta Após quatro anos, Egito reabre fronteira...
Crime organizado
O que é o crime organizado
Escravidão
O trabalho escravo no Brasil
Nutrição
Não indicado para crianças! E nem para adultos.

 Todos os direitos reservados a Agencia Press: A noticia acima de qualquer suspeita